quinta-feira, 16 de abril de 2015

Boas Maneiras à Mesa Portuguesa

É sabido que os portugueses adoram desfrutar de uma boa refeição sem preocupações, com muito alimento e muita conversa. No entanto, existem algumas regras de boas maneiras à mesa que, parecem estar cada vez mais esquecidas, mas que são formas de respeito para com os outros, enquanto comemos.

Segue-se uma lista de boas maneiras à mesa Portuguesa:

  • Não falar de boca cheia (ninguém precisa de levar com os seus restos);
  • Não arrotar (a comida já tem cheiro suficiente);
  • Não encher o prato (isso evitará com que ande a apanhar pedaços de comida na toalha);
  • Não palitar os dentes (ninguém precisa de saber o que não comeu);
  • Não deixar restos de comida no prato (mais vale colocar menos comida e comer tudo, do que passar a mensagem do "estou cheio" ou "não gostei");
  • Não apoiar os cotovelos sobre a mesa (pode correr o risco de a movimentar para cima de si);
  • Desejar bom apetite já está fora de moda, no entanto, a dona/dono de casa é que deve dar inicio à refeição;
  • Não encher demasiadamente a boca de comer (o risco de se engasgar é maior e não precisa de parecer um hamster);
  • Não fazer barulho enquanto estiver a mastigar a comida (já toda a gente sabe que é capaz de triturar bem os alimentos, não precisa de nos anunciar);
  • Levar o garfo ou a colher até à boca, e não o contrário (não precisa de alimentar o nariz);
  • Não esticar o dedo mindinho enquanto segura o copo da água ou do vinho (já toda a gente sabe que o tem);
  • Não soprar o comer (ninguém precisa de sentir o seu hálito);
  • Não beber tudo de uma vez;
  • Não comer depressa demais, nem devagar demais (não precisa de atrasar os outros, mas também não precisa de mostrar que está com pressa);
  • Nunca diga que está cheio de fome (a pessoa que cozinhou ficará sem perceber se comeu bem porque estava cheio de fome ou porque o comer estava bom);
  • Não recorrer ao sal antes de provar a comida;

Não só somos o que comemos, como também somos como comemos.


RAFC